PALESTRANTES:

 
 

JOÃO ALCEU AMOROSO LIMA


PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (FENASAÚDE)

O economista João Alceu Amoroso Lima é vice-presidente do Grupo Notredame Intermédica, responsável pela Interodonto, segundo maior plano odontológico do Brasil. João Alceu é detentor do título de Chartered Insurer do Chartered Insurance Institute, UK.
 
 
 

MARCIO SERÔA DE ARAUJO CORIOLANO


PRESIDENTE DA CONFEDERAÇÃO DAS SEGURADORAS (CNSEG)

O presidente da CNseg iniciou este ano o seu segundo mandato, que vai até 2022. Marcio é economista pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pós-graduado em engenharia da produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Foi Diretor e Superintendente da Susep, entre 1993 e 1996. Ingressou na Bradesco Seguros em 1997. Entre 2010 e 2016 foi presidente da Bradesco Saúde e, até abril deste ano, foi membro do Conselho de Administração da Bradesco Saúde.
Entre outras funções de representação do mercado, foi presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar – FenaSaúde, de 2010 a 2016.
 
 
 

LUIZ HENRIQUE MANDETTA


MINISTRO DA SAÚDE

Graduado em medicina e pós graduado em ortopedia, o Ministro Luiz Henrique Mandetta iniciou sua carreira como médico no Hospital Geral do Exército e, em 1993, passou a compor o quadro de médicos da Santa Casa de Campo Grande (MS). Em 1996, foi admitido como médico adjunto do Hospital Universitário e atuou, também, como professor do curso de pós-graduação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). De 2005 a 2010, assumiu a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (MS). Após esse período, exerceu dois mandatos como deputado federal pelo Mato Grosso do Sul (2011 e 2018), quando empenhou esforços nas áreas sociais, especialmente saúde, medicina, assistência social e educação, compondo comissões e subcomissões temáticas, além representante do grupo de parlamentares brasileiros no Parlamento do Mercosul.
 
 
 

ROGÉRIO MARINHO


SECRETÁRIO ESPECIAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL
DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E EX-RELATOR DO PL 7.419/06


Economista, atual Secretário Especial de Previdência Social do Ministério da Economia, deputado federal em três legislaturas (2007-2012/2015-2019), Secretário do Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (2012-2012), foi relator da Reforma Trabalhista.
 
 
 

FERNANDO MENEGUIN


DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR
NO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA


É Consultor Legislativo do Senado Federal na área de Economia desde 2002, mestre em Economia do Setor Público e Doutor em Economia pela Universidade de Brasília. Ocupou a Direção-Geral da Escola de Administração Fazendária - Esaf em 2018. Possui experiência, com vários trabalhos elaborados, nas áreas de Avaliação de Políticas Públicas, Logística, Economia do Setor Público, Análise Econômica do Direito e Economia do Trabalho e Previdência. Atualmente ocupa a posição de Diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor no Ministério da Justiça e Segurança Pública.
 
 
 

ROGÉRIO SCARABEL


DIRETOR DE NORMAS E HABILITAÇÃO DE PRODUTOS
DA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (ANS)


Graduado em Direito pelo Centro Universitário Eurípedes Soares da Rocha de Marília (SP), especializado em Gestão Hospitalar e Organização da Saúde pela Universidade Federal do Ceará; e em Direito do Consumidor pela Universidade de Fortaleza. Atua no setor de saúde desde 2004 e tem ampla experiência nos segmentos de saúde suplementar e saúde pública. Durante os últimos 14 anos, atuou como advogado na área de Direito da Saúde.
 
 
 

ANDRÉ MEDICI


ECONOMISTA SÊNIOR EM SAÚDE DO BANCO MUNDIAL, EM WASHINGTON

É administrador formado na FGV, com mestrado em economia pela UNICAMP, doutorado em História Econômica na USP e cursos de especialização em seguridade social na Universidade de Harvard. Participou do movimento de construção de SUS no Brasil, atuou como consultor em vários organismos internacionais, mudou-se para Washington em 1996, ocupando cargos em organismos multilaterais (Banco Interamericano de Desenvolvimento, onde se aposentou, e Banco Mundial), conta com mais de 10 livros e 200 trabalhos publicados em diversos idiomas e campos de conhecimento.
 
 
 

LUIS FELIPE SALOMÃO


MINISTRO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (STJ)

Foi Promotor de Justiça, Juiz de Direito e Desembargador. É professor Emérito da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro e da Escola Paulista da Magistratura. Professor honoris causa da Escola Superior da Advocacia - RJ. É professor universitário, autor de diversos artigos e livros jurídicos, além de palestrante no Brasil e no exterior.
 
 
 

ARMINIO FRAGA


FUNDADOR DO INSTITUTO DE ESTUDOS PARA POLÍTICAS DE SAÚDE (IEPS)
E PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL NO PERÍODO DE 1999 A 2003


Sócio fundador da Gávea Investimentos, presidente do conselho do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde, fundado em 2019. Presidiu o Banco Central do Brasil e o Conselho de Administração da BM&FBovespa. Foi professor do curso de mestrado da PUC-Rio, da EPGE-FGV, da School of International Affairs da Universidade de Columbia e da Wharton School. Recebeu seu Ph.D em Economia pela Universidade de Princeton em 1985, o B.A. e M.A. em Economia pela Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1981.
 
 
 

MÁRCIO LAGO COUTO


PESQUISADOR DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS

Doutorando em Administração na EAESP, Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com especialização no Programa de Gestão Estratégica da INSEAD da França, Pós-Graduação em Finanças pela FGV e pelo IBMEC e economista. Professor nos cursos da FGV, COPPE e ESPM.
Consultor da FGV Projetos, Ex-Superintendente de Estudos Econômicos da FGV IBRE, responsável pela coordenação do acordo de cooperação técnica entre o IBRE e a ANS, entre 2016-2019, e do projeto de analise regulatória de planos individuais para a Abramge, além de atuar em projeto junto a empresas de outros setores como Petrobras, Vale, Ambev, Oi, Previ, entre outras. Entre 2004 e 2006 foi Diretor de Estratégia Regulatória da Embratel e, entre maio de 2002 a fev 2004, foi Superintendente Executivo da Anatel. Foi consultor do FUNBIO para a implantação de projetos ambientais com retorno e na área de análise econômico-financeira da Projeta Consultoria Econômica, associada ao Banco Rothschild. Foi Diretor Financeiro da DIVERJ.
 
 
 

VERA VALENTE


DIRETORA EXECUTIVA DA FEDERAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (FENASAÚDE)

É advogada e engenheira. Nos últimos 20 anos, ocupou posições de liderança no governo federal, em empresas e associações de indústrias do setor de saúde. Como Gerente Geral da Anvisa (1999-2003) liderou a implantação da bem-sucedida política de medicamentos genéricos no país, trabalho concluído, posteriormente, no setor privado como Presidente da PróGenéricos (Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos). Foi diretora de inovação e acesso da Interfarma, associação que reúne as indústrias farmacêuticas de pesquisa no país.